sábado, 4 de fevereiro de 2012

Reforma da administração local

Baralhação, passagem da responsabilidade para a Assembleia Municipal, obrigatoriedade de pronúncia, baseada em regras apertadas do diploma apresentado pelo governo.

16 comentários:

Anónimo disse...

Pois, vão ser as assembleias municipais a apresentar proposta de reorganização territorial, se não o fizerem no prazo estabelecido ou não obedecerem às regras, será uma comissão técnica governamental a fazê-lo.

A certeza é que o número de freguesias a reduzir será de 1400 1500, e quanto a este numero não há volta a dar.

Anónimo disse...

proposta de lei aprovada pelo governo põe em perigo a freguesia de Canas, TUDO fica nas "mãos" da assembleia municipal.

Anónimo disse...

isto vai ficar preto para o LP

Anónimo disse...

conheço a pronuncia do norte, a pronuncia da assembleia municipal soa a jantaradas, leitões, bom vinho.

Anónimo disse...

livro verde mandado para a sucata pela nova lei aprovada em conselho de ministros

Anónimo disse...

não tem mal, vamos à Lapa tratar dos assuntos.

Alexandre Borges disse...

É incrível a falta de coragem de quem nos governa. Atirar o ónus da reforma para quem não tem interesse em acabar com nada.

O Governo impõe a extinção mas os culpados serão os representantes locais. Brilhante.

Continuaremos a assistir a faltas justificadas na AM?

painel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

CANAS A CONCELHO?
Ora aí está mais uma oportunidade para pôr à prova o COVEIRO da Freguesia de Canas.
Pelos vistos as dèmarches levadas a cabo pela Junta de Freguesia não surtiram o efeito desejado com vista a repor Canas fora da carroça no célebre livro verde.
Apesar do Presidente da Junta de Canas andar de braço-dado com a Presidente da Câmara, esta já por diversas vezes colocou em destaque a "união" com Canas para que não se pense mais em reivindicar o
Concelho.
Mas, como por certo a Assembleia Municipal é hostil a Canas, esta vai ser o tal BAIRRO DA LATA da freguesia de Nelas.
Assim sendo, Luís Pinheiro vai ser posto à prova, que o mesmo
é dizer, ou vai contentar-se com um "tacho" de delegado da Câmara de Nelas para tratar de assuntos de expediente no futuro Bairro da Lata da freguesia de Nelas, ou acorda e volta reunir o "Exército" de Canas para regressar às lutas para a Restauração do Concelho de Canas de Senhorim.
Para o efeito, nada melhor que aproveitar o Carnaval que está à porta e marchar em direcção a Lisboa com o "avião" que já fez história na capital.
Quem falará mais alto para Luís Pinheiro: Canas ou Nelas?

Anónimo disse...

este governo é muito manhoso e habilidoso; à contestação, respondeu tranferindo para as mãos dos contestatarios o respetivo "machado" de corte das próprias autarquias

Anónimo disse...

O tenebroso!

Não esteve cá o fim de semana!

Hoje tem um jantar com rodilhas e minhocas!

Amanhã engana 5 ou 6!

Canas a atolar-se no pântano!

Pior junta de Canas de que há memória!

aSNELAS a SORRIR!!!!

Anónimo disse...

é possivel divulgar a proposta de lei?

Anónimo disse...

é uma versão de trabalho, mas provavelmente igual à que vai ser publicada

Anónimo disse...

Municipios podem trocar entre si freguesias, ou seja: "dou-vos esta freguesia e o vosso municipio passa as duas freguesias X para o nosso".

Estes governantes violam a constituição descaradamente, as autarquias são independentes não sendo os municipios os donos.

Anónimo disse...

ponham lá a versão, mesmo de trabalho para analisar-mos.

Afinal o que foram fazer os da junta, que mandaram um comunicado a dizer que "salvaram a freguesia"?

Enganam quem?

o rui dos leitões salva alguma freguesia?

Anónimo disse...

ontem dia 7, terça-feira, a reunião nas instalações da junta dos "todos juntos por nelas" fracassou, não teve quorum,

só os cabecilhas: presidente da junta, tesoureiro e 1º secretario da assembleia freg, OK!